maisum.

é só mais um: dia, minuto, texto.

Com a correnteza. Dezembro 5, 2008

Filed under: what's inside — paulamaria @ 4:39 pm
Tags: , ,

I can say it doesn’t matter,

 

 

matter anymore.

 

Falta um tanto ainda eu sei. Dezembro 3, 2008

Filed under: arte e mais — paulamaria @ 12:15 am
Tags: ,

quem tem olhos pra ver o tempo soprando sulcos na pele soprando sulcos na pele soprando sulcos?

o tempo andou riscando meu rosto

com uma navalha fina  

sem raiva nem rancor

o tempo riscou meu rosto

com calma   

(eu parei de lutar contra o tempo

ando exercendo instantes

acho que ganhei presença)   
 

acho que a vida anda passando a mão em mim.

a vida anda passando a mão em mim.

acho que a vida anda passando.

a vida anda passando.

acho que a vida anda.

a vida anda em mim.

acho que há vida em mim.

a vida em mim anda passando.

acho que a vida anda passando a mão em mim     
 

                   e por falar em sexo quem anda me comendo

é o tempo

na verdade faz tempo mas eu escondia

porque ele me pegava à força e por trás   

um dia resolvi encará-lo de frente e disse: tempo

se você tem que me comer

que seja com o meu consentimento

e me olhando nos olhos  

acho que ganhei o tempo

de lá pra cá ele tem sido bom comigo

dizem que ando até remoçando  
 

 

[viviane mosé – tempo]

 

E ponto! Novembro 15, 2008

Filed under: diariamente — paulamaria @ 2:27 pm
Tags: , ,

Quando eu falo que eu não vou, não vou e ponto. Sou tinhosa e sou marrenta. Mas que droga! Então, briguei mais ma vez com a minha mãe e essa mania dela de querer que eu faça o que ela quer na hora que ela quer como se eu não tivesse mais NADA pra fazer da vida. Ir pra Guarapari, em pleno sábado após um rock sexta-feira, e ainda por cima para comemorar um aniversário que foi em FEVEREIRO de uma criança de 10 anos? OK, valeu campeão!

Agora deixe-me ir, tenho uma casa grande – e senzala? – para varrer, limpar, e deixar brilhando. Depois, estudar Psicopatologia. Pelo menos eu espero um cinema no fim do dia. Ah sim, e ainda tenho um outro lado de família louca para ver hoje. É rapaz, então.

“Bom dia,  Grande* Vitória!”, como diria meu Joaquim.

*Inclui-se na saudação pelo número de cidades que transito pela semana: Vitória, Vila Velha e Cariacica.

 

Primeiro. Novembro 13, 2008

Filed under: diariamente — paulamaria @ 7:19 pm
Tags: , ,

primeiro_ano

Então, sempre quis fazer um blog pra falar sobre nada quando desse vontade. Sem a obrigação de falar sem um tema específico nem nada assim. Tô na Ufes esperando o tempo passar, sendo que tempo é a úlitma coisa que eu estou tendo ultimamente. Enfim, um dia quase no lixo de tão inútil. E eu cheia de entrevistas para fazer, trabalhos a escrever, crianças de Cariacica para dar conta, mulheres na Delegacia para dar conta, Cabo verdianos a serem entrevistados para dar conta. Enfim, um quasenada de coisas a fazer. Irado. E para melhorar, enchi o bucho no Burger King. O que salva é ganhar um livro de fotografia do século XX – Taschen – do amor da minha vida. E ver o amor da minha vida lindo e descobrir pessoas novas e legais.

:)

Namastê.