maisum.

é só mais um: dia, minuto, texto.

If all that we’re whishing for is poison… Outubro 8, 2018

Filed under: Uncategorized — paulamaria @ 12:57 am

Quis te escrever uns versos, te mandar umas fotos, comprar uma passagem. Quis te ver e te enlaçar com minhas pernas. Naquela praia, naquela areia. Quis te sufocar, perder as contas e perder as horas. Quis tudo isso, até ainda mais, sem poder querer. Não entendo essa parte de mim que teima em arder pelo que não posso. Tenho febre, tenho fome, tenho pavor.

Se eu tentasse explicar – para você ou para outro alguém – nunca pareceria fazer sentido. What I am to you, it’s not real, diz Damien. Eu mesma não sei o que te dizer e ao mesmo tempo… espero poder dizer tudo. Das pequenas mortes, das viagens, da falta de sentido. Entregar minhas dúvidas pro desconhecido, tirar umas cartas de tarô, acender incenso à meia luz e fingir que ainda tenho meus vinte anos. O que me distancia de lá?

Como um vulcão, escorro minha lava em palavras e secreções. Hoje, só posso sonhar com teu sonho… E rir de mim mesma, eterna prisioneira da passagem.

Anúncios
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s