maisum.

é só mais um: dia, minuto, texto.

O que aprendi em 2016. Dezembro 23, 2016

Filed under: diariamente,what's inside — paulamaria @ 8:12 pm

death_to_stock_communicate_hands_1

1- Me casei em 23 de janeiro e desde então engrenei numa aventura que ainda não saiu da parte “alta”. Tudo é muito, das tristezas, das alegrias, das conquistas, das decepções. Casamento é um desafio que ninguém te prepara, cheio de pequenas nuances e detalhes. O primeiro ano passa bem rápido (hoje falta só um mês para fechar bodas de papel) e a gente ainda se esbarra dentro de casa com receio de incomodar um ao outro. Mas também se abraça muito em silêncio nesses esbarros, dizendo um pro outro, no bater do coração: tá tudo bem. <3

2- Fui perseguida em relação ao meu trabalho, por uma onda forte de sabotadores. Eu nunca pensei que esse tipo de coisa fosse acontecer na minha vida, mas não é que 2016 me surpreendeu com essa? Durou alguns meses, me causou muita depressão, piorou meu bruxismo… E também me fortaleceu, me fez identificar com quem posso contar e me fez descobrir amizades onde eu não sabia que tinha. Há males que vem para o bem. (mas eu preferia que não tivesse vindo, risos).

3- Fiz coaching e adorei! Como psicóloga, sempre desconfiei muito de técnicas parecidas com a psicologia porque tem muito charlatão por aí, prometendo cura, sucesso e fama – às vezes, os 3 vem junto num pacote super caro! – mas como consequência do n. 2, resolvi procurar técnicas alternativas e mais objetivas para me tirarem da estagnação. Eu já conhecia a minha coach de tempos idos da internet – quando tudo isso daqui era mato – e já tinha muita identificação com o trabalho dela e tudo que ela compartilhava, de seu modo de vida e de como vê o mundo. O coaching não mudou a minha vida, mas foi um processo importantíssimo para meu crescimento pessoal, que me levou a amadurecer ideias e confiar mais em mim. ;)

4- Como consequência do n.3, procurei uma formação séria em Coaching, como complementação dos meus estudos. Foram meses de pesquisa e muita desconfiança, até encontrar uma escola que atendesse aos meus quesitos. Em algum momento, segui a filosofia do “só vai!” e me matriculei. Foi uma das decisões mais acertadas do ano: conheci muita gente legal, fiz amigos, aprendi MUITO, me emocionei, me vi diferente. E vi que posso mais, sempre mais! Hoje, além de psicoterapeuta, também sou Coach de Vida. :)

5- Aprendi que poder corrompe e que as pessoas em geral são muito individualistas. Mas também aprendi que há força nos encontros tête-a-tête, no micro, nos abraços de amigos, nas rodas de conversa no bar, nas mulheres! As mulheres foram sempre o meu norte este ano, em todas as vezes que me perdi, me enfraqueci, adoeci, chorei, desesperei… Procurei minhas referências femininas e abracei-as, mesmo que muitas vezes, virtualmente. O poder está em nós, mesmo com todas as m*rdas que estão acontecendo. O poder está em nós. Em mim!

6- Trabalhar em rede com amigos e conhecidos é melhor! Todas as vezes que precisei de algum serviço que eu mesma não sei fazer, procurei oportunizar amigos e colegas primeiramente. Às vezes achamos que fulano ou siclano que tem fama e reputação em determinada área vão entregar produtos e serviços de maior qualidade… E nos enganamos! Eu, na maioria das vezes, quebrei a cara! Conheço tanta gente talentosa que está perto de mim, porquê não fortalecer essa rede? Aprendi que crescemos melhor assim, localmente. Tem dado certo. ;)

(…) Continua em outro post!

Advertisements
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s