maisum.

é só mais um: dia, minuto, texto.

I am mine. And also, yours. Novembro 26, 2012

Filed under: Uncategorized — paulamaria @ 8:57 pm
Tags:

“Quando não tinha nada, só tinha passado. Buraco, teso. Escuro. Beira. quando tinha passado, nem dor mais aparecia. Possibilidades eram futuras, mas só no papel, não aqui. Quando não tinha nem mais dor, só podia respirar, então, era o que fazia. Tinha eu. Vários você(s). Tinha eu. O novo eu que surgiu meio abandonado… Por isso, fi-lo forte. Coloquei os dois pés em cheio no chão, de forma nunca tentada antes. Fiz por construir corpo, por apropriação. Então, consegui caminhar. Dia após dia, como se cada um durasse um ano. Aproveitei cada passo pra respirar, já que agora eu podia – e conseguia. De repente, você(s) sumiram e eu me vi de cima, conseguindo, tentando, afirmando. Delicadamente. Quando houve delicadeza, houve tempo. O tempo me trouxe paciência, doçura, medo, ansiedade, novidade, carinho, construção. “só pra te avisar: eu vim pra ficar.”

Anúncios
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s